Foto: Reprodução
FutebolEsportesPolicial

Alerj aprova projeto que proíbe venda de bebidas em garrafas de vidro perto de estádios

Compartilhe

Os deputados estaduais do Rio de Janeiro aprovaram nesta terça-feira (18) um projeto de lei na Alerj que visa proibir a venda e o consumo de bebidas em recipientes de vidro nos arredores dos estádios de futebol. A medida, que tem como objetivo aumentar a segurança e a integridade física dos torcedores, foi proposta pelo deputado Carlinhos BNH (PP).

Clique aqui para seguir o canal “RJ Info – Noticias do Rio” no WhatsApp:

A proibição será válida em um raio de 200 metros ao redor das arenas esportivas, durante as cinco horas que antecedem e sucedem as partidas de futebol. Quem descumprir a lei poderá ser multado com valores que variam entre R$ 216 e R$ 216 mil.

Para que a proposta se torne lei, ainda é necessária a análise do governador Cláudio Castro (PL), que tem até 15 dias para sancionar ou vetar a iniciativa.

Em sua justificativa, o deputado Carlinhos BNH mencionou a morte de uma torcedora do Palmeiras em junho de 2023, que foi atingida por uma garrafa de vidro durante uma confusão no entorno do estádio Allianz Parque, em São Paulo, antes de uma partida entre Palmeiras e Flamengo. Ele enfatizou que a tragédia demonstra a necessidade de medidas como esta para garantir a segurança dos torcedores.

O projeto recebeu apoio do atual presidente da Comissão de Esporte e Lazer da Alerj, que destacou a importância de prevenir incidentes violentos relacionados ao uso de garrafas de vidro em eventos esportivos.

“Garrafas de vidro viram armas nas mãos de pessoas mal-intencionadas que saem de casa para promover brigas e confusões. Esse projeto de lei defende a integridade física e vidas, fazendo que o futebol não seja maculado com a vitimização de torcedores”, justificou Carlinhos BNH.


Compartilhe

You may also like

Comments are closed.